top of page
Buscar

Campeã de tudo em 2019, Jéssica Caroline traça meta: “ouro no Mundial como faixa-preta”


Quando ainda era faixa-marrom, lá em 2019, Jéssica Caroline teve seu melhor momento quando coroou sua boa fase com o título do Pan-Americano e o Campeonato Mundial da International Brazilian Jiu-Jitsu Federation (IBJJF), em Long Beach, na Califórnia. As duas medalhas garantiram a Jéssica, 27 anos, o merecimento de ter sido graduada faixa-preta no topo do pódio do último mundial, antes da severa pandemia que o mundo inteiro passou. De lá para cá, a atleta de Alessandro Nunes foi campeã do Sul-Americano, Rio Open e medalhista de prata no Campeonato Brasileiro, torneios organizados pela IBJJF/CBJJ no Brasil. “Em 2019 foi uma experiência incrível, estava muito bem preparada, me senti muito bem em todas as lutas que fiz, conseguindo assim o título de Campeã. Esse ano estou me sentindo ótima também, focada e treinando muito... Vou dar o meu máximo para trazer esse título de novo e agora na faixa-preta”, ressalta Jéssica, antes de analisar a divisão peso-galo. “Minha categoria está bem interessante! Tem algumas meninas que nunca lutei e todas de alto nível. Estou ansiosa e empolgada! Quero que chegue logo, pois vai ser uma guerra. Estou preparada e confiante, os meus treinos estão sendo difíceis e isso me deixa com uma mente forte. Nada pode ser mais complicado que o meu treino”, diz a atleta da PAX Academy. Faixa-preta desde setembro de 2019, Jéssica conta os detalhes que, na sua visão, são importantes para vencer o Mundial, que é o seu próximo desafio. O torneio tem data de início para o dia 9 de dezembro em Anaheim, na Califórnia. “É impossível você ter sucesso no Mundial sem ter uma disciplina para treinar certo e se alimentar bem! Esse é o trabalho que venho fazendo ao longo de todos esses anos. Eu tenho uma rotina de treinos bem intensa. Faço o que é certo e digo não para as distrações. Na hora das lutas, também gosto de enxergar toda luta como final e, na minha mente, quem comanda o ritmo da luta sou eu. Esse é o caminho que vou seguir para ser campeã mundial!”, descreve Jéssica. Veja uma das lutas que Jéssica fez no Mundial 2019, na Califórnia:



1 comentário

1 Comment


Grande profissional, focadíssima como atleta e mãe dedicada. Merece tudo de bom que vem acontecendo na vida dela. Que orgulho ❤️

Like
bottom of page